A felicidade depende da forma que escolhemos sofrer

Ocorrem tantas coisas que influenciam na nossa felicidade, e não estão sob nosso controle, é impossível ser feliz o tempo todo, se alguém disse o contrário, mentiu. Coisas ruins irão acontecer ao longo da vida – tragédias, decepções podem bater à nossa porta. Haverá dias que as coisas não sairão como planejamos, seja nos negócios, viagens ou nas relações.

A Tristeza Permitida

Ficar triste é comum, é um sentimento tão legítimo quanto a alegria, é um registro de nossa sensibilidade, que ora gargalha em grupo, ora busca o silêncio e a solidão. Estar triste não é estar deprimido. Tem dias que não estamos pra samba, pra rock, pra hip-hop, e nem pra isso devemos buscar pílulas mágicas para camuflar nossa introspecção.

Ser Psicóloga

Hoje estava pensando na profissão de psicóloga, e me lembrei do mito da caverna. Ser psicóloga é primeiramente entrar em contato com as próprias sombras e poder observar que elas apenas são projeções de outras realidades, e desta forma permitir-se sair em busca do desconhecido.

Você não consegue mudar o que não consegue encarar

Em outras palavras, quem olha de fora para você talvez veja coisas das quais você não está ciente. Com freqüência não nos dispomos ou não somos capazes de discutir os aspectos desagradáveis de nós mesmos. Em vez de discutirmos o que sentimos, nos criticamos uns aos outros. A vida quer que estejamos atentos a nós mesmos para podemos fazer os ajustes necessários para vivermos de forma mais harmoniosa.