Entrega

Nunca me sinto mais presenteada
Do que quando você recebe algo de mim –
Quando você compreende a alegria que sinto ao lhe dar algo.
E você sabe que estou dando aquilo não
para fazer você ficar me devendo,
Mas porque quero viver o amor
Que sinto por você.

Lira Itabirana por Carlos Drummond de Andrade

O Bardo de Itabira, como era chamado o poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade, nasceu no século 20. Ao longo de seus 85 anos publicou mais de 30 livros de poemas, e quase 20 de prosa, além de integrar antologias poéticas e produzir histórias infantis, entre tanta inspiração, em 1984 compôs e publicou o poema ‘Lira Itabirana’.