Reflexão

Existem os fatos da Vida e da Morte.
Nós, por nossas respostas, damos ao sofrimento um sentido positivo ou negativo.
As doenças, os acidentes e as tragédias matam as pessoas.
Mas não matam necessariamente a Vida ou a Fé.
Se a morte e o sofrimento de alguém que amamos nos faz amargos, revoltados contra toda a crença e incapazes de Felicidade, nós transformamos a pessoa que morreu em “castigo”.
Se o sofrimento e a morte de alguém ligado a nós nos leva a ampliar os limites de nossa capacidade, no sentido da força, do Amor e da superação, se nos leva a descobrir as fontes de consolação que antes não conhecíamos, então nós transformamos aquela pessoa em uma testemunha da afirmação da Vida.

(Adaptação do texto de Harold Kusnher)

Deixe um comentário

Você pode usar estas tags HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>