Simples, complicado é ser tão simples

A autoestima é fator decisivo para o comportamento humano e está presente em toda resposta emocional. O homem vivencia seu desejo de autoestima como um imperativo urgente, uma necessidade básica. Muitas vezes a autoestima é confundida com egoísmo. Egoísta é aquela pessoa que quer o melhor, e quase sempre no sentido material, somente para si, não importando os outros. Quem possui uma autoestima elevada, tem como consequência amor e estima aos outros. Ela quer o melhor para si, e para os outros também.