Entrosando com nós mesmos

É comum desejarmos estar num lugar diferente de onde estamos, como se o melhor lugar é aquele que a gente não está. Se em casa, queremos estar na praia. Na praia, e temos saudade de estar de volta ao lar. Buscamos terras longínquas, atrás da felicidade e, se aí não a encontramos, vasculhamos em outras paragens. Sempre do lado de lá.

Perdas Necessárias

Em ‘Perdas Necessárias’, Judith Viorst aborda o processo de despojamento que é a vida, refletindo sobre nossas perdas constantes e a necessidade de alcançar maturidade e equilíbrio psicológico. Um tema universal, não se refere apenas à morte de quem amamos, as separações e as partidas, mas também à perda consciente ou inconsciente de sonhos.